Com as proximidades das eleições municipais 2020, redobram-se os cuidados contra as propagandas irregulares.

Esse é um campo bastante tortuoso no período eleitoral e nos momentos que o antecedem, pois, vez por outra, alguns pré-candidatos se arriscam, ao veicularem propagandas em desacordo com a legislação eleitoral, o que lhes acarreta graves consequências.

E as redes sociais são bastante utilizadas pelos pré-candidatos e seus seguidores. Os meios mais utilizados são : Grupos de Whatsapp, Instagram e Facebook. Onde são colocado textos, figurinhas, flayer e vídeos fazendo referência aos pré-candidatos.

Em uma reportagem produzida pela TV Rio Flores, canal 07, a juíza titular da 9ª zona eleitoral de Pedreiras, Drª. Larissa Tupinambá Castro folou quando essas divulgações passam a ser consideradas propaganda eleitoral antecipada.

Outro assunto abordado pela juíza, foi a realização de enquetes com nomes e fotos de pré-candidatos, no istory do Instagram.


Publicidade: