A família do jovem Waldemar Sousa, 20 anos, que morreu em São Paulo no último dia 28 do mês de agosto, supostamente devido a complicações em procedimentos cirúrgicos, solicita ajuda para trazer o corpo, que ainda está na cidade de Santo André (SP), para a cidade de Pedreiras (MA).

Waldemar assumiu nova identidade de gênero, e adotou o nome de Priscylla Villar. Era natural de Pedreiras e pertencia a uma família bastante conhecida na cidade.

O jovem morava no município de Santo André, no estado de São Paulo, e já havia passado por vários tratamentos estéticos com silicone, anabolizantes e hormônios. Embora tenha sido divulgado que ele adquiriu problemas de saúde devido aos procedimentos cirúrgicos, a causa da morte ainda está sendo apurada.
Agora os familiares pedem ajuda para fazer o translado do corpo, pois os gastos são muito altos. Está sendo disponibilizada uma conta para depósito ou transferência em qualquer valor.
Agência: 0767 Operação: 013 Conta Poupança Caixa: 104003-3  Titular: Juliana Santos de Melo Sousa
A família também pede doação de roupas de frio, pois a irmã e o pai do jovem terão de ir a São Paulo, dar início ao processo de translado.


De acordo com informações, o pai do jovem irá buscar meios de entrar em contato com as autoridades responsáveis para elucidar o que realmente aconteceu com seu filho. Pois segundo ele, há muitas discrepâncias envolvendo o falecimento de Waldemar, como por exemplo, o fato do corpo ter sido sepultado no mesmo dia do óbito e não terem informado nenhum familiar sobre o ocorrido.

Fonte: Blog do Carlimhos.

Leia também:
https://www.blogricardofarias.com.br/2019/09/misterio-pai-de-pedreirense-morto-em.html 




Publicidade:
Rua da Independência - Pedreiras - MA

Avenida Rio Branco - Pedreiras - MA