A 1ª Vara da Comarca de Pedreiras superou, em 2020, o cumprimento das metas 1 e 2 do Judiciário nacional, com percentuais de 126,60% e 124,29%, respectivamente.

 Segundo os dados fornecidos pela Corregedoria Geral da Justiça, a 1ª Vara de Pedreiras obteve, em 2019, 96,98% em relação à Meta 1 e 124,75% no alcance da Meta 2.

Os resultados obtidos colocam a unidade em posição de destaque dentre as unidades da Justiça de 1º grau no julgamento de mais processos em fase de conhecimento do que os já distribuídos no ano (Meta 1) e, no julgamento dos processos mais antigos, pelo menos 80% dos que foram distribuídos até 31/12/2016 (Meta 2).

O juiz Marco Adriano Ramos Fonseca informou que, no ano passado, a 1ª Vara de Pedreiras movimentou o total de R$ 8.486.176,49 pagos em alvarás judiciais eletrônicos emitidos em processos de execução contra a Fazenda Pública, durante a pandemia de Covid-19.

Esse valor representa o montante de recursos destinados aos credores das ações de natureza previdenciária e fazendária, resultantes de sentença de condenação contra o INSS, o Estado do Maranhão e os municípios de Pedreiras, Trizidela do Vale e Lima Campos.

Publicidade: