O juiz de direito Marco Adriano Ramos Fonseca, titular da 1ª Vara da Comarca de Pedreiras, usou seus perfis nas redes sociais para alertar amigos e familiares, que um indivíduo, nome não revelado, está tentando se passar pelo magistrado para tentar aplicar golpes usando o aplicativo WhatsApp.


Segundo Dr. Marco Adriano, o elemento instalou o Whatsapp em um determinado número de uma operadora de telefonia móvel, e começou a mandar mensagem para pessoas próximas a ele, na intenção de conseguir dinheiro através dos crimes de estelionato (Art. 171) e falsa Identidade (art. 307) do Codigo Penal Brasileiro.

Em conversa com o titular do blog RICARDO FARIAS, Dr. Marco Adriano falou sobre o ocorrido e disse que todas as providências estão sendo tomadas junto a polícia judiciária. 


"Ontem alguns parentes meus receberam mensagens de um perfil de whatsapp em que o interlocutor usava minha foto e dizia que era meu novo número. Meus parentes desconfiaram e ligaram para meu número verdadeiro informando. Daí comuniquei o fato a Diretoria de Segurança Institucional do TJMA e para a Polícia Civil, que imediatamente instaurou investigação e já está adotando as providências para a identificação dos envolvidos.

Trata-se de uma nova modalidade de golpe, no qual os criminosos não conseguem clonar o celular da vítima, mas criam uma conta no whatsapp com a foto da vítima e enviam mensagens aos parentes desta, pedindo que façam transferências para contas bancárias de terceiros. Sempre fiquem atentos e não confiem nestas mensagens". Disse o magistrado.



Publicidade: