O poeta, escritor, compositor e radialista pedreirense, Samuel Barreto, 51 anos de idade, morreu na noite desta segunda-feira (13) em São Luis - MA, onde estava com sérios problemas de saúde causados por um câncer no pâncreas.

De acordo com informações dos familiares, o corpo de Samuel Barreto será transladado para Pedreiras, onde será velado e depois sepultado no jazigo da família no Cemitério do Alto São José.

O clima de comoção e tristeza na cidade é muito grande, pois Samuel Barreto, além de ser filho de uma família tradicional, era um dos ícones da cultura de Pedreiras.

O poeta e escritor Samuel Barreto lançou alguns livros, entre eles: S.O.S. Libertação, A Rua da Golada e Sua Identidade, Caderno de Passagens, Versos Cinzentos e o Paraibano: do submundo para a vida.


Texto: Coutinho Neto