O Dia Mundial do Autismo, celebrado anualmente em 2 de abril, foi criado pela Organização das Nações Unidas em 18 de dezembro de 2007 para a conscientização acerca dessa questão.

No primeiro evento, em 2 de abril de 2008, o Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, elogiou a iniciativa do Catar e da família real do país, um dos maiores incentivadores para a proposta de criação do dia, pelos esforços de chamar a atenção sobre o autismo.

No evento de 2010, a ONU declarou que, segundo especialistas, acredita-se que este transtorno de desenvolvimento atinja cerca de 70 milhões de pessoas em todo o mundo, afetando a maneira como esses indivíduos se comunicam e interagem. No Brasil, desde 2011, o Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, vem se iluminando de azul todo ano para a data.

Em 14 de abril de 2018, a então presidente em exercício do Brasil e presidente do Supremo Tribunal Federal, ministra Cármen Lúcia, sancionou a lei que institui o dia 2 de abril como o Dia Nacional de Conscientização sobre o Autismo.

Em Pedreiras, a AMA (associação de mães e amigos do autista), produziu um vídeo em homenagem ao dia mundial do autismo. Segundo elas, essa data tão especial, que é o 02 de abril, não pode passar despercebida pois é de grande importância para a comunidade autista.

"Hoje seria um dia com muitas comemorações para a AMA, com muitas atividades, passeata, panfletagem e brincadeiras . Mas devido o momento que estamos passando adiamos para uma próxima data ainda não confirmada". Disse uma das associadas da AMA.













Fotos com autorização dos pais. 

Publicidade: