Buscando resolver o problema do lixão, que está afetando a população de Pedreiras e mais fortemente dos bairros São Francisco e Engenho e do Conjunto São Francisco, o prefeito Antônio França recebeu representantes dos moradores destas comunidades em seu gabinete, nesta terça-feira (13/08).


Na oportunidade estavam presentes o vereador Totinho Sampaio, os secretários municipais Francisco Flávio “Cacimbão” (Meio Ambiente) e Sérgio Florêncio (Infraestrutura) Rodrigo Assaiante (Segurança e Trânsito) e representantes da empresa Brasil Construções e Serviços, responsável pela limpeza pública de Pedreiras. Na reunião foram apresentadas as demandas dos moradores, pedidos de medidas para a resolução do problema e até mesmo a construção de aterro sanitário em outro local.

O prefeito garantiu que serão tomadas medidas paliativas imediatas, como cercar o local, fazer um serviço para minimizar os impactos e colocar vigilância 24 horas por dia para tentar evitar que os catadores queimem materiais, assim evitando o maior problema alegado pelos moradores, que é a fumaça. É prática dos catadores queimarem o lixo para facilitar a busca de ferro e outros materiais que eles vendem, o que poderia ser feito sem precisar queimar.


O vereador Totinho Sampaio falou de requerimento de sua autoria sobre o problema e dos resultados da reunião. “Foi muito produtiva e estamos nesta liuta desde 2017, buscando resolver, esperamos que seja resolvido o mais rápido possível, pois isso afeta praticamente a cidade inteira”, disse.

Ernandes Pessoa é morador do Conjunto São Francisco há 12 anos e diz que sofre com o problema, mas acredita que o prefeito tomará as providências necessárias. “Estamos buscando solucionar esse problema junto aos outros gestores há 12 anos e nada foi feito, mas o prefeito Antônio França nos recebeu, ouviu nossas demandas juntamente com secretários e vereadores. Temos muitos moradores sofrendo com isso, incluindo idosos e crianças, e estamos mais uma vez pedindo apoio para resolver esse problema. O prefeito se comprometeu a tomar medidas paliativas e depois procurar local para tirar o lixão daquele lugar”, pontuou.

“Depois de conversarmos com os moradores, ouvirmos suas reivindicações, tomaremos providências imediatas, e para isso já estamos acertando as medidas com os secretários de Infraestrutura e do Meio Ambiente e também com a empresa Brasil Construções para fazer as ações no sentido de amenizar o problema, mas continuaremos os esforços para aquisição de terreno para fazermos um aterro sanitário em outro local, porque entendemos que a cidade cresceu e assim aumentou o volume de lixo. Fico muito feliz em ser procurado pela população e estou à disposição sempre para dialogar e buscar resolver os problemas”, afirmou o prefeito Antônio França.


Reuniões posteriores
Após a reunião no gabinete com os moradores, o prefeito e equipe visitaram o lixão, procuraram o Corpo de Bombeiros, buscando parceria.


Á noite, o gestor participou de reunião na Associação Comercial Indústria e Agrícola de Pedreiras ACIAP), com o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Edvan Ferreira Pinho; o presidente da OAB, do Eduardo Ferro e outros advogados; o presidente da Câmara Municipal, Bruno Curvina e os vereadores Elcinho Giro, José Wilson “Fifa”, Sérgio Profiro e a sociedade civil organizada.

O presidente da CDL solicitou pedido ao presidente da OAB que olhasse um processo que foi dado entrada em 2013 e que só ontem na data de 13/08/2019 foi movimentado, esse informou que o município vai ser notificado em cinco dias.


Após os debates sobre o tema, o prefeito Antônio França falou afirmando que o problema requer a participação de todos, agradeceu aos presentes, e conclamou “É hora de todos se unirem por Pedreiras, e vou estar junto para qualquer decisão tomada para o bem de do nosso município”, argumentou ainda que o problema não é de hoje, nem de sua gestão, mas que vem se arrastando ao longo de outras administrações.


Formação de Comissão
Na oportunidade foi formada uma comissão para que se possa buscar a resolução do problema, com a participação de todos, ficando assim composta: prefeito Antônio França, um representante da OAB (ainda não informado), representante do Comitê de Bacias Hidrográficas (ainda não informado), CDL - Edvan Ferreira Pinho, vereadores Bruno Curvina e Sérgio Profiro, Hernandes Pessoa - representante da comunidade do Bairro São Francisco,  Benselmo Braga, Jacinto Gonçalves, Batista Ribeiro e Ronaldo Leite. A comissão se reunirá no próximo dia 20, para deliberar.

“Explanamos a situação e queremos mesmo é a parceria dos empresários, das entidades, dos vereadores e da população, para resolvermos um problema que não é de hoje e nem de fácil resolução, mas a gestão está acreditando, e apesar de todas as dificuldades e limitações financeiras do nosso município, temos boa vontade para superar isso e resolver”, afirmou o prefeito.


Providências tomadas de imediato
Nesta quarta-feira (14/08) iniciaram ações paliativas e já estão no local vários carros-pipas, conseguidos em parceria com o Corpo de Bombeiros e as prefeitura de Trizidela do Vale e Lima Campos; caçambas e um trator, fazendo o trabalho de contenção do fogo e outros serviços para melhorar o condicionamento do lixo.

Também foi resolvido que as caçambas que chegarem darão acesso aos catadores logo na entrada para que esses retirem o material que buscam e assim evitar queimar todo o lixo, será colocado ainda cerca para isolar melhor o local e vigilância ativa. Desta forma o fogo poderá ser debelado aos poucos, minimizando assim os problemas.

A Prefeitura de Pedreiras está empenhada em resolver, por enquanto paliativamente, ao mesmo tempo em que busca formas de resolução definitiva, que é a construção de um aterro sanitário.