Documento enviado aos batalhões
Com o crescimento de furtos e roubos a Instituições Financeiras em todo o estado do Maranhão, em sua maioria privada, a Polícia Militar baixou uma portaria que causou estranheza e indignação da tropa.

Esse documento com data de 31 de Julho do corrente ano, determina que  todo o policiamento do interior no período diurno em horários fixos atuem em barreiras e durante toda a madrugada fique em frentes os bancos , sendo proibidos de regressar ao quartel e caso venha acontecer ataques as agências bancárias o policiamento da área será responsabilizado.

"Em algumas cidades os policiais de serviço são  obrigados a tirar fotos na porta dos bancos e enviar aos seus comandantes, caso contrário também serão punidos, essas atitudes causaram revolta na tropa.


As Instituições Financeiras em sua maioria são privadas, fato esse que não é obrigação da Polícia fazer a segurança dos locais, nossa função está sendo desviada para guarda privada, estamos deixando de atender ocorrências para ficar na porta dos bancos, estamos tampando um buraco e deixar outro aberto, e o pior com essa determinação estamos colocando nossas vidas em perigo porque o efetivo no interior é reduzido não podendo dar uma resposta a altura porque quando eles chegam numa cidade sempre no mínimo 10 meliantes com armamento melhor que os nossos.


O Comandante Geral não tá preocupado com a vida do policial pois ele sabe das nossas dificuldades e mesmo assim autoriza essa Portaria que pode nos levar a morte. Estamos vivendo um retrocesso na Segurança Pública". Disse o Policial Militar que preferiu não identificar.


Sendo que a Lei Estadual nº 10.605/2017, torna obrigatória a presença de vigilância armada durante 24 horas nas agências bancárias públicas e privadas.

Inclusive após Ação Civil Pública, protocolada pelo PROCON - MA na Vara de Interesses Difusos e Coletivos, a Justiça determinou que seis instituições Bancárias em atuação no Maranhão cumpram a lei estadual que torna obrigatória a presença de vigilância armada durante as 24 nas agências bancárias. 

Confira os detalhes da lei, nos links abaixo:
https://www.legisweb.com.br/legislacao/?id=351728

http://www.procon.ma.gov.br/justica-defere-pedido-do-proconma-e-determina-que-bancos-cumpram-lei-de-vigilancia-armada-24h/



Publicidade:
Rua Miguel Atta - Pedreiras - MA
Rua da Independência - Pedreiras - MA