Os agentes de endemias do município de Pedreiras estão realizando o mutirão de combate ao mosquito transmissor da dengue.

O mutirão é realizado através de uma parceria entre a secretaria de saúde do município e a regional de saúde. E tem como objetivo diminuir o alto índice de infestação constatado  através do LIRA  ( Levantamento de Índice Rápido para Aedes aegypti). Além das visitas aos bairros, realizadas pelos agentes de limpeza pública e agentes de endemias.


Está sendo realizada a aplicação de inseticida  (fumacê) realizado pelo Programa de Prevenção e Controle de Arboviroses – dengue, chikungunya e zika, da Secretaria de Estado da Saúde (SES). As atividades tiveram início na última segunda-feira (25), em Pedreiras e Trizidela, e devem se estender por 15 dias.
Continua após a publicidade: 
Publicidade: MM Gesso 3D. 

No dia 7 de março, os veículos iniciam também o trabalho em Igarapé Grande, Esperantinópolis, Lago da Pedra e Santa Filomena.

Foto: Blog Tribuna 101
Graça Lírio superintendente de Epidemiologia e Controle de Doenças da SES esteve na última segunda-feira dia 25 em Pedreiras, onde se reuniu com gestor regional de saúde Marcus Louro.

“O Levantamento de Índice Rápido para Aedes aegypti (LIRA) termina dia 28. Os municípios que já finalizaram e apresentaram alto índice estão recebendo as ações para combater o mosquito adulto. Além disso, estamos mantendo um diálogo com os gestores para que eles intensifiquem o combate ao mosquito na forma larval. Todos precisam, incluindo a população, agir”, salientou Maria das Graças Lírio Leite.
Foto: Blog Tribuna 101.

A aplicação de inseticida com o fumacê acontece sempre no final da tarde e início da manhã em um ciclo de 15 dias – aplicação por cinco dias, intervalo de cinco e mais cinco de aplicação – para garantir que as larvas virem mosquitos e estes também sejam mortos. Segundo a coordenadora do Programa de Prevenção e Controle de Arboviroses – dengue, chikungunya e zika, Joseneide Matos, contudo, é preciso que todos façam sua parte para evitar que o Aedes coloque os ovos.
Mais detalhes sobre o mutirão nas matérias abaixo produzidas pela TV Rio Flores:



PREVENÇÃO

Prevenir é a melhor forma de evitar a dengue, zika e chikungunya. A maior parte dos focos do mosquito está nos domicílios, assim as medidas preventivas envolvem o nosso quintal e também os dos vizinhos.

É simples e rápido combater o Aedes aegypti, siga essas dicas:

Garrafas PET e de vidro: As garrafas devem ser embaladas e descartadas corretamente na lixeira, em local coberto ou de boca para baixo.

Lajes: Não deixe água acumular nas lajes. Mantenha-as sempre secas.

Ralos: Tampe os ralos com telas ou mantenha-os vedados, principalmente os que estão fora de uso.

Vasos sanitários: Deixe a tampa sempre fechada ou vede com plástico.

Piscinas: Mantenha a piscina sempre limpa. Use cloro para tratar a água e o filtro periodicamente.

Coletor de água da geladeira e ar-condicionado: Atrás da geladeira existe um coletor de água. Lave-o uma vez por semana, assim como as bandejas do ar-condicionado.

Calhas: Limpe e nivele. Mantenha-as sempre sem folhas e materiais que possam impedir a passagem da água.

Cacos de vidros nos muros: Vede com cimento ou quebre todos os cacos que possam acumular água.

Baldes e vasos de plantas vazios: Guarde-os em local coberto, com a boca para baixo.

Plantas que acumulam água: Evite ter bromélias e outras plantas que acumulam água, ou retire semanalmente a água das folhas.

Suporte de garrafão de água mineral: Lave-o sempre quando fizer a troca. Mantenha vedado quando não estiver em uso.

Falhas nos rebocos: Conserte e nivele toda imperfeição em pisos e locais que possam acumular água.

Caixas de água, cisternas e poços: Mantenha-os fechados e vedados. Tampe com tela aqueles que não têm tampa própria.

Tonéis e depósitos de água: Mantenha-os vedados. Os que não têm tampa devem ser escovados e cobertos com tela.

Objetos que acumulam água: Coloque num saco plástico, feche bem e jogue corretamente no lixo.

Vasilhas para animais: Os potes com água para animais devem ser muito bem lavados com água corrente e sabão no mínimo duas vezes por semana.

Pratinhos de vasos de plantas: Mantenha-os limpos e coloque areia até a borda.

Objetos d’água decorativos: Mantenha-os sempre limpos com água tratada com cloro.