O deputado estadual Vinicius Louro (PL), em pronunciamento durante a sessão desta terça-feira (26), prestou solidariedade a deputada estadual Detinha (PL) durante discurso da parlamentar em tribuna.

No dia 6 de outubro, a residência de Detinha foi invadida por policiais, que buscavam supostas irregularidades licitatórias em prefeituras ligadas ao deputado federal Josimar Maranhãozinho. 

No último dia 22, o Tribunal de Justiça do Maranhão (TJ-MA), suspendeu a operação contra Detinha e o deputado federal, considerando-a arbitrária e ilegal. O deputado Vinicius Louro saiu em defesa dos parlamentares, e ratificou que a operação não passou de uma perseguição política para tirar o brilho da imensa repercussão do projeto do PL para 2022.

“Esse tipo de perseguição virou rotina em nosso estado, hoje aconteceu com uma deputada estadual desta casa, que sequer estava envolvida nesta investigação, uma pessoa íntegra e honesta. Não estamos acostumados a ver esse tipo de investigação entre os aliados do Governo, isso me chama muita atenção”, observou Louro.

Vinicius também criticou a omissão da Assembleia Legislativa diante do fato. “Hoje foi com a Detinha, mas amanhã poderá ser com qualquer um de nós deste parlamento, infelizmente a Assembleia está de joelhos, com as mãos amarradas e omissa diante da situação. Nem mesmo a Procuradoria da Mulher desta Casa se manifestou”, asseverou.

“Somos gratos porque a justiça prevaleceu e a operação não passou de uma perseguição política contra Detinha e Josimar, fato comprovado pelo TJ, no entanto, nada vai apagar os momentos de tensão vivenciados pela deputada Detinha, toda minha solidariedade a Vossa Excelência”, finalizou Vinicius Louro.

Publicidade: