O deputado federal Josimar de Maranhãozinho (PL) voltou a questionar a Operação Nostrum, deflagrada na última quarta-feira (06) pela Polícia Civil e Ministério Público do Maranhão.


Desta vez em vídeo publicado nas redes sociais, Josimar fez duras críticas e afirmações que novamente colocam em xeque o objetivo principal da operação.

Josimar disse que era de conhecimento público que estava em Brasília, mas que mesmo assim teria sido montada uma operação gigantesca, fantasiosa que até contou com um helicóptero, para coagir e inibir a sua esposa e filhos que estavam na residência.

O deputado federal voltou a dizer que a operação foi estranha, já que segundo Josimar a investigação parou em 2018 e só agora após ele romper com o grupo político de Flávio Dino e afirmar que é pré-candidato, foi iniciada a perseguição.

Josimar finalizou reafirmando que seguirá no seu projeto e não recuará. “Estamos firmes e vamos juntos nessa luta pois eles jamais irão nos abater”, disse.

Pelo visto Josimar não parece disposto a recuar. É aguardar e conferir.

Fonte: Blog Jorge Aragão 

Publicidade: