A família do jovem Djorkaef Johan Pereira da Silva, de 19 anos de idade, morto no último dia 03 de outubro, no Povoado Angical 1, zona rural de Pedreiras, realizou um protesto nesta quinta-feira (21), pedindo justiça pela morte do jovem.


A caminhada começou no Residencial Lolita, local onde o jovem residia e, de lá, partiu rumo à Promotoria de Justiça de Pedreiras, próximo ao Fórum da cidade no Bairro Goiabal. Veja o vídeo abaixo: