O Departamento de Combate ao Roubo a Instituições Financeiras-DCRIF, da Superintendência Estadual de Investigações Criminais – SEIC, da Polícia Civil do Maranhão, com apoio da Delegacia Regional de Santa Inês e da Delegacia de Bom Jardim, em intenso trabalho de investigação criminal, identificou, localizou e prendeu parte da quadrilha envolvida na explosão da agência do Bradesco em Monção-MA, ocorrida em 05 de julho de 2021.

A ação consistiu no cumprimento de Mandados de Prisão Temporária e de Busca e Apreensão expedidos pelo Juízo de Pindaré - MA, respondendo pela Comarca de Monção - MA. Os cinco suspeitos compõem o braço logístico da quadrilha, sendo responsáveis pelo transporte e organização da ação, antes, durante a após o crime.


O grupo foi localizado em uma casa na cidade de Santa Inês e com ele foi apreendido material de arrombamento como tesourões e pés-de-cabra, chaves de fenda e maquinário.

As investigações seguem no sentido de localizar os demais integrantes de grupo que continuam em fuga. Os presos foram encaminhados ao Complexo Penitenciário de Pedrinhas onde permanecem à disposição da Justiça.


Leia também:

Publicidade: