Um casal foi conduzido pela Polícia Militar na noite deste sábado (05) suspeito de maus tratos a uma criança na rua Getúlio Vargas, bairro Goiabal em Pedreiras - MA.


Por volta das 19h20min, a Polícia Militar do 19°BPM foi informada que uma criança estaria sob maus tratos e cárcere privado em uma casa no bairro Goiabal. Uma guarnição deslocou-se até o local, e encontrou considerável número de populares na rua Getúlio Vargas com ânimos aflorados. Algumas pessoas relataram desde das 18h, a criança chorava e pedia socorro, e que os tutores legais (mãe e padrasto) tinham problemas mentais e maltratavam a criança.

Vizinhos chamavam por eles, e ninguém atendia a porta, e que a situação já haveria ocorrido outras vezes. Segundo alguns populares, o homem costumeiramente agredia a companheira. Diversos vizinhos relataram que eles faziam uso de medicação, e eram acompanhados pelo CAPS, e que já haviam tentado contato com o Conselho Tutelar.


A população tentou invadir a casa onde a criança chorava e a Polícia Militar teve que conter os populares e pedir reforço de outra guarnição, momento o qual o número de populares aumentou consideravelmente e a mãe da criança apareceu em uma janela frontal da residência, em diversas oportunidades sufocando a criança e a pressionando contra a vidraça da janela.

Várias também foram as vezes que tentou-se diálogo com a tutora, mas sem logra êxito. A Polícia Militar solicitou apoio do Corpo de Bombeiros para que pudessem auxiliar no adentramento da residência. Um membro do Conselho Tutelar se fez presente, oportunidade em que o portão fora derrubado, e os bombeiros militares retiraram coercitivamente a criança da posse de sua mãe.

A mulher entrou em surto e precisou ser conduzida algemada até o Hospital Regional de Pedreiras. A criança ficou sob posse do Conselho Tutelar. O companheiro da mãe da criança, até então omisso na ocasião, fora  encaminhado até a 14ª Delegacia Regional de Pedreiras para que fossem tomadas as devidas providências.



Publicidade: