O deputado estadual Vinicius Louro (PL), em pronunciamento durante sessão ordinária remota desta terça-feira (13), chamou a atenção do Ministério Público do Maranhão (MP-MA) para algumas ilegalidades nas administrações dos municípios de Pedreiras e Trizidela do Vale, no Médio Mearim.


De acordo com o parlamentar, as aulas da rede privada de ensino já retornaram suas atividades (Educação Infantil e 1ª a 5ª série) enquanto a rede municipal que era para ter iniciado permanece suspensa, pela falta de interesse por parte dos gestores de Pedreiras e Trizidela do Vale.

"A falta de compromisso desses gestores não está permitindo que a população tenha assistência devida nesta pandemia, se tratando de Educação. A gestão anterior de Trizidela do Vale conseguiu recursos para a construção de uma grande creche que já foi entregue a população, mas até hoje permanece fechada", enfatizou Vinicius Louro.

O deputado afirma que a creche foi entregue no ano passado com recursos de obras e criticou o fato de permanecer abandonada num momento de crise de pandemia e enchentes que afetam diretamente as duas cidades.

"O que me chama atenção é que num momento de pandemia e de enchentes com famílias desabrigadas,  muitas crianças que deveriam estar na creche estudando e sendo assistidas, estão sofrendo junto de suas famílias", afirmou.

O Ministério Público do Estado do Maranhão foi acionado pelo deputado Vinicius Louro para fiscalizar sobre o destino dos recursos, já que a creche não possui mobília, ar-condicionado e nenhum tipo de equipamento utilizado para o ensino.

"O dinheiro da merenda escolar não para de cair todo o mês, sendo que as Prefeituras já têm  autorização para utilizar esse mesmo dinheiro na compra de cestas básicas e no auxílio às famílias que não estão trabalhando nesta pandemia. Pedreiras e Trizidela do Vale não estão prestando contas, a falta de compromisso desses gestores é evidente e queremos satisfações", reivindicou o deputado Vinicius Louro.

Publicidade: