Foto: Carlos Barroso 

A Polícia Civil do Maranhão, por intermédio da Delegacia de Polícia Civil de Esperantinópolis, pertencente à 14ª Delegacia Regional de Pedreiras, na manhã de hoje (30), deu cumprimento a mandado de prisão preventiva em desfavor de M.S.S e de medida cautelar em desfavor de L.M.A.C, em razão de estupro de vulnerável ocorrido de forma contínua ao longo de vários anos.


Hoje com 13 anos, a vítima possuía apenas 9 anos de idade quando do início dos abusos sexuais consumados pelo padrasto com o conhecimento da mãe. As prisões foram feitas no Município de São Raimundo do Doca Bezerra Maranhão. 

Após os procedimentos de praxe, os acusados serão encaminhados ao Sistema Prisional de Pedreiras, onde permanecerão à disposição da Justiça.

Publicidade: