O acusado Antônio Teixeira de Oliveira foi julgado na última sexta-feira (11), pelo tribunal popular do júri de esperantinopolis - MA.

A acusado foi condenado pelo assassinato de duas das vítimas, sendo absolvido em relação a uma das mortes.

A tese do promotor de justiça era que o acusado deveria responder por triplo homicídio qualificado. Já a tese da defesa era a negativa de autoria em relação a 2 das vítimas, tendo o acusado sido condenado a uma pena de 36 anos e 1 mês.

Após encerrada a sessão, a defesa manifestou interesse em fazer um recurso de apelação por não concordar com a responsabilidade do acusado em uma das mortes e entender que os jurados julgaram contrário à prova dos autos.




Publicidade: