Em maio deste ano, a Prefeitura de Pedreiras tomou conhecimento, através de pessoas da comunidade de Angical I, da situação do casal Leonice e Pedro (apelido), e seus quatro filhos, todos menores de idade, que frequentam a escola da localidade. Segundo relatos, são oriundos do município de Vagem Grande (MA).

Leonice tem 28 anos e sofre de doença de pele crônica, já seu esposo tem doenças respiratórias, gástricas e estomacais. Vivem em situação de extrema vulnerabilidade e moram em ambiente insalubre, numa casa de taipa, em terreno cedido pelo dono de uma propriedade.

Desde que tomou conhecimento do caso, a Prefeitura de Pedreiras tem acompanhado a família, dando assistência social e de saúde. O Bolsa Família está devidamente regular, já foram realizadas consultas com Pedro, que fez os exames necessários e recebeu a medicação adequada; Leonice foi levada a dois especialistas de pele do Município, foi medicada e acompanhada, porém seu caso requer cuidados especiais, pois a mesma tem alergia a praticamente tudo.

Um dos agravantes é o estado de insalubridade da casa em que habitam, o que segundo as equipes de saúde, não é possível obter cura vivendo naquelas condições de habitação.

Já foram realizadas campanhas dentro da Prefeitura de Pedreiras inclusive com a participação dos servidores, em que foram arrecadados colchões, lençóis, roupas, calçados, brinquedos e alimentos, para amenizar a situação. 

Embora os procedimentos do SUS demorem de 30 a 90 dias, a Prefeitura de Pedreiras tem se empenhado em resolver o caso da família.  As equipes de saúde e da assistência social vêm realizando visitas frequentes e acompanhando a família, fazendo doação de cestas básicas e já tendo inclusive uma consulta com especialista agendada para o próximo dia 03 de setembro. Conseguida pela ONG Associação Mãos Unidas,(Formada por jogadores de futebol veteranos)

Leonice deverá ser encaminhada para São Luis (MA) nos próximos dias, novas consultas a especialista e para isso já estão disponibilizados estadia, ajuda de custo e passagens, pela equipe do Tratamento Fora de Domicílio (TFD).

Também está sendo levantada a possibilidade de a Prefeitura de Pedreiras disponibilizar o aluguel social, para tirar a família do local em que estão vivendo, e só assim, o tratamento de saúde pode ter êxito.

Publicidade: