Foto: Blog do Carlinhos 
O ex vereador do município de são Raimundo do Doca Bezerra - MA, Bartolomeu Pessoa Cabral, O "Beto Cabral" foi detido na última quarta-feira feira  (27), acusado de falso testemunho no caso que apura irregularidades na delegacia de Polícia Civil de Esperantinópolis, irregularidades essas cometidas na época que a delegacia de Esperantinópolis era comandada pelo delegado Idaspe Perdigão Freire Júnior. Beto Cabral é uma das 39 testemunhas do caso.


Depois de receber voz de prisão o ex vereador ficou detido por várias horas, foi ouvido pelo delegado Jânio Pacheco, pagou fiança de três mil reais e irá responder o processo em liberdade.
Continua após a publicidade: 
Publicidade: MM Gesso 3D. 

Vale ressaltar que quando uma pessoa é intimada para ser testemunha em um júri, que repasse as informações corretas para a justiça. Caso contrário será penalizada por falar com a verdade perante a lei.

O delegado Perdigão é um dos réus no processo que apura irregularidades envolvendo veículos apreendidos e procedimentos na delegacia da referida cidade, na época que a delegacia de polícia civil era comandada por ele. Serão pelo menos três dias de julgamento, se condenados, as penas para cada um podem ultrapassar 20 anos de prisão.

O julgamento que está acontecendo no Fórum de Esperantinópolis, está sendo presidido pelo juiz de direito Dr. Bernardo Melo Freire, o promotor  de justiça Dr. Xilon de Souza Júnior é o responsável pelo caso, sendo auxiliado pelo também promotor de justiça  Dr. Tibério Augusto Lima de Melo.