O coordenador do Comitê de Diversidade do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA), juiz Marco Adriano Ramos Fonseca, participa nesta quinta-feira (19), da Semana da Consciência Negra, promovida pelo Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia (IEMA) de Timon - MA.

A iniciativa – idealizada pelo projeto Cultura, Literatura e Ancestralidade Negras em conformidade às Leis 10.639/2003 e 11.645/2008 – acontecerá nos dias 19 e 20 de novembro de 2020. O evento visa promover o estudo e o diálogo sobre conhecimentos relacionados aos temas da diáspora negra e africanidades. 

Na programação, o magistrado Marco Adriano irá ministrar a I Conferência de Abertura sobre o tema “O que é racismo estrutural e institucional?”, juntamente com o professor mestre Silvino Filho (IEMA/Timon), na quinta (19), às 10h, com transmissão ao vivo pelo Youtube (iematimon).

SEMANA

A Semana da Consciência Negra, do IEMA de Timon, objetiva estabelecer intercâmbios e trocas de saberes a partir do ensino, da pesquisa, da investigação científica e da interdisciplinaridade. 

O evento possibilitará o reconhecimento da história e do valor da cultura dos afro-brasileiros, afrodescendentes e africanos sob a ótica do próprio negro e o não negro, a recusa dos estereótipos e preconceitos raciais elaborados ao longo de vários séculos de escravidão e desrespeito à humanidade dos povos e civilizações colonizadas pelo Ocidente. 

DIA

O Dia da Consciência Negra é comemorado no dia 20 de novembro. A data reúne diferentes ações de combate ao racismo e reacende o debate sobre a chegada dos negros ao país, a escravidão no Brasil e o racismo estrutural da sociedade.

Publicidade: