O estudante de odontologia, natural de Santo Antônio dos Lopes - MA, Geniscleo Pereira da Silva, 31 anos de idade, teve a morte encefálica decretada às 10h30min, do último sábado (30) no Hospital de Urgência de Teresina (HUT).
O delegado Ricardo Moura, do 8° Distrito Policial, afirmou neste sábado (30) que a principal linha de investigação do tiro que atingiu o estudante Geniscleo Pereira da Silva envolve briga de trânsito.

A hipótese foi descartada no início da apuração, mas para a polícia essa é a única que esclarece o crime.

O estudante de odontologia Geniscleo Pereira da Silva, 31 anos, teve a morte encefálica decretada às 10h30 deste sábado (30) no Hospital de Urgência de Teresina (HUT).

Continua depois da publicidade:

Segundo o delegado, minutos antes do estudante ser baleado, o carro em que a vítima estava foi fechado por um veículo modelo Gol, na cor branca, na Avenida dos Expedicionários. A situação teria gerado um conflito entre os dois motoristas.

"Os passageiros do carro atingido contaram que os dois condutores abaixaram os vidros e ficaram se encarando, contudo, logo depois eles tomaram sentidos opostos. O veículo deles seguiram em direção ao Dirceu e ao chegar na rotatória da BR-343 com a Avenida José Francisco de Almeida Neto o Geniscleo caiu no colo da namorada já baleado.


Os amigos contam que não foram perseguidos, mas pode ser que o outro motorista tenha ficado com raiva e deu o tiro", contou o delegado.





Fonte: G1-PI.



Publicidade: