O coordenador do Bolsa Família no Piauí, Roberto Oliveira, afirmou em entrevista concedida à TV Cidade Verde, que as fraudes ocorrem pois “As pessoas mesmo sabendo que não estão dentro do perfil do programa, vão ao CRAS, dão informação falsa, escondem a sua remuneração, muitas vezes escondem algum membro da família que tem uma remuneração”.

Roberto Oliveira afirmou que esta situação apenas prova a seriedade do programa, e que tal ação serve de alerta para as pessoas que pensam em burlar as regras do Bolsa Família. O coordenador do programa também garantiu que auditorias são realizadas constantemente, afim de identificar fraudes no programa.

As famílias que foram notificadas deverão comparecer a Receita Federal para sanar suas dívidas com a União. O não cumprimento da penalidade ocasionará na negativação do CPF da pessoa notificada.

Fonte: 180 Graus.

Publicidade: