O bando, composto por oito indivíduos, foi preso em flagrante delito por porte ilegal de arma de fogo de uso restrito, associação criminosa armada e corrupção de menores, os elementos atuavam em uma prática criminosa conhecida como "Sapatinho", que é quando criminosos sequestram familiares de gerentes de agências bancárias, para mediante ameaça e tortura ter acesso aos cofres dos bancos.

A Polícia Civil do Maranhão, por meio da Superintendência de Investigações Criminais - SEIC, em operação conjunta com as Delegacias Regionais de Bacabal e Pedreiras e com o apoio operacional do Centro Tático Aéreo (CTA) e do COSAR, prendeu na tarde da última sexta-feira (01), os nacionais ANDERSON DA SILVA VIANA vulgo "DUDU", RONILDO FREITAS MENDES vulgo "INDIO BRAVO", MOISÉS LOPES DE MORAES, PEDRO ALVES SOUSA OLIVEIRA vulgo "PEDRINHO", LUCAS CARDOSO ASSUNÇÃO, WANDERSON AGUIAR DA LUZ vulgo "JUNINHO", CLEIDIANE CORDEIRO DA SILVA vulgo "LOURA" e o menor J.P.A.S.

Continua depois da publicidade:
Avenida Rio Branco - Pedreiras - MA 
Na ocasião os suspeitos foram surpreendidos pelos policiais no momento em que se preparavam para praticar o crime de Extorsão mediante Sequestro contra funcionários de uma instituição financeira no município de Poção de Pedras.

Após trabalhos investigativos desta Superintendência, policiais diligenciaram às cidades e conseguiram abordar os suspeitos antes que eles executassem a ação. 

Destaque-se que ANDERSON DA SILVA VIANA vulgo "DUDU" já possuía mandados de prisão pelas comarcas de Timon e Buriticupu. Já RONILDO FREITAS MENDES vulgo "ÍNDIO BRAVO" é foragido da justiça do Estado do Pará e responde vários processos criminais naquele Estado.

Após os procedimentos de praxe, o mesmos foram encaminhado ao complexo penitenciário de pedrinhas onde ficarão à disposição da justiça.



VEJA O VÍDEO:





Publicidade:
Travessa Frederico Bulhão - Pedreiras - MA