Este caso começou quando a Guarnição da Polícia Militar de São Roberto, sob o comando do sargento S. Oliveira, foi informada por populares que na noite da última sexta-feira (19), por volta das 23h, o nacional Fábio Barroso Rodrigues, conhecido por "Dudu", efetuou dois disparos de arma de fogo nas proximidades de um evento localizado nas proximidades do povoado Centro do Chico Alvino, zona rural do município de São Roberto - MA.

No dia seguinte, por por volta das 02h, "Dudu" convidou uma mulher de 21 anos de idade para sair, a mesma se recusou refugiando-se na casa de uma vizinha, o indivíduo a obrigou por meio de uma arma em punho a sair com ele em um veículo, a vítima se sentindo ameaçada foi obrigada a manter relação sexual com o elemento, a guarnição de São Roberto com apoio de policiais da Força Tática do 19°BPM, ao terem conhecimento dos fatos realizaram diligências no município de São Roberto, Esperantinópolis e Poção de Pedras.

Continua depois da publicidade:
Avenida Rio Branco - Pedreiras - MA 
Em seguida os policiais militares souberam que "Dudu" estava em um evento festivo no povoado Cajazeiras, zona rural do município de Lago da Pedra, chegando ao local foi dado voz de prisão ao acusado, "Dudu" foi encaminhado à Delegacia Regional de Polícia Civil de Pedreiras sem lesão corporal. 

Ao verificar os antecedentes criminais do acusado, a Polícia Civil descobriu a existência de um mandado de prisão temporária expedido pelo juízo de direito da comarca de Lago da Pedra, onde foi prontamente cumprido pelo delegado regional, Diego Maciel Ferreira. Fábio Barroso Rodrigues, é acusado da pratica de homicídio qualificado, que vitimou Rogério Neiva de Jesus, mediante diversos disparos de arma de fogo, fato ocorrido no dia 27 de agosto 2019.


VEJA O VÍDEO:

Publicidade:
Rua Miguel Atta - Pedreiras - MA