Com a presença de prefeitos de várias cidades do Maranhão, deputados estaduais, deputado federal, vice-prefeitos, vereadores, secretários e representantes da sociedade civil organizada, Pedreiras sediou neste sábado (16/03), na Câmara Municipal, um encontro para discutir as problemáticas da Barragem do Flores.

O prefeito de Pedreiras, anfitrião, Antônio França fez a recepção, e no seu pronunciamento inicial deu boas vindas aos presentes ressaltando a importância do evento e os esforços do idealizador do movimento União pela Revitalização da Barragem do Flores (URBF), Klebinho Branco; do presidente do Comitê de Bacias Hidrográficas do Rio Mearim, José Filho; do presidente da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (FAMEM), Erlânio Xavier, e de todos os envolvidos.

Continua depois da publicidade:
Casa dos Eletrônicos
Na oportunidade foram exibidos documentários mostrando a realidade de abandono, da falta de manutenção da Barragem do Flores, bem como dos perigos que isso pode representar para a sociedade, a exemplo dos casos de Brumadinho e de Mariana, em Minas Gerais, cujas tragédias ambientais ceifaram vidas. Destaque especial para uma música inédita composta por João do Vale, Diouro, Chico Viola e Luis Guimarães, sobre a Barragem do Rio Flores.


A mesa de discussões, formada pelo prefeito de Pedreiras, Antônio França e de Trizidela do Vale, Fred Maia; pelos deputados estaduais Mercella Tema, Fernando Pessoa, Ciro Neto, Vinícius Louro; deputado federal Hildo Rocha; superintendente da Companhia de Desenvolvimento do Vale do São Francisco (Codevasf), Jonhes Braga; presidente da FAMEM, Erlândio Xavier, além de prefeitos, vice-prefeitos, vereadores e representantes de entidades ambientalistas, como Klebinho Branco da URBF e outros.



Todos os depoimentos apontaram na direção de problemas estruturais da Barragem do Flores, tratando ainda da necessidade de sua manutenção e aproveitamento para a produção, que é um dos propósitos de sua construção, cuja inauguração aconteceu em 1987. Com a falta de uma atenção por parte do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (DNOCS), uma das principais reivindicações foi a transferência da administração da obra para a Codevasf, que mantém sede de superintendência no Maranhão, o que facilitará toda a logística de um trabalho neste sentido de revitalizar e manter o funcionamento.



Precisamos tomar medidas urgentes, e vemos hoje o grande esforço de todos que aqui estão. Desde que estou na vida pública, em oito anos como vereador e agora como prefeito, é a primeira vez que vejo uma reunião com tanta representatividade e terminando já no início da tarde e ninguém arredar o pé”, enfatizou Antônio França, fazendo reconhecer a importância do encontro por parte do povo e das autoridades presentes.


Após todas as discussões, sugestões e o fechamento de compromisso de um trabalho envolvendo as bancadas estadual e federal, com os deputados e senadores, foi elaborada uma carta aberta ao governador com as principais reivindicações do movimento, tratando de temas como a revitalização e manutenção da barragem, a retomada de projetos de agricultura (Piloto I e II), a mudança de gestão do DNOCS para a Codevasf, dentre outros pontos, que foi assinado pelos presentes e entregue ao prefeito Antônio França para os devidos encaminhamentos.


A FAMEM deverá estender os esforços durante a Marcha dos Prefeitos deste ano, envolvendo os 18 deputados federais, os 3 senadores e todos os deputados estaduais, no sentido de fazer valer todos os pontos acertados.


Participaram do encontro os prefeitos Antônio França (Pedreiras), Fred Maia (Trizidela do Vale), Biné (Joselândia), Jailson Fausto (Lima Campos), Eudina Costa (Bernardo do Mearim), Erlânio Xavier (Igarapé Grande/FAMEM), Aluizinho Filho (Esperanttinópolis), Mundim (São Roberto), Farinha Paé (São José dos Basílios), Miltinho Aragão (São Mateus), Alexandre Lavepel (Lago Açu), os vice-prefeitos Adenilson Lopes (Poção de Pedras) e Graciete Lisboa (Bacabal), além dos deputados estaduais, do deputado federal Hildo Rocha, presidente da Câmara Municipal de Pedreiras, Bruno Curvina; 1º tenente Veiga, da Defesa Civil do Maranhão; capitão Joel Machado, do Corpo de Bombeiros; major Ricardo Almeida, comandante do 19º BPM de Pedreiras; padre José Geraldo, do Santuário de São Benedito, vereadores de Pedreiras e de várias cidades da região, sociedade civil organizada e ambientalistas.

Fonte: ASSCOM / Pedreiras.









MM Gesso 3D.