O Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão (Detran-MA) disponibilizou nesta quarta-feira (02), a versão digital do Certificado de Registro e Licenciamento de Veiculo (CRLV). O documento que serve de prova de registro e propriedade do carro e é de porte obrigatório agora terá uma versão que pode ser usada nos smartphones.


O documento virtual chamado de CRLVe foi desenvolvido pelo Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro), e tem o mesmo valor jurídico da versão impressa que continuará sendo emitida. A versão digital substitui a tradicional durante uma abordagem de trânsito.

Para a Diretora Geral do Detran-MA, Larissa Abdalla Britto, essa nova ferramenta possibilita mais segurança e praticidade para os motoristas.

“Com o CRLV digital o usuário poderá evitar multas por esquecer o documento em algum outro local, assim como reduzir questões como roubo ou perda do documento físico”, declarou a Diretora Geral.

O CRLV não terá nenhum custo a  mais para os usuários, no entanto para acessar  é necessário que o licenciamento 2018 já esteja pago, ou seja, se o proprietário tiver débitos pendentes relacionados ao registro do veículo, não poderá solicitar a versão  eletrônica.

O CRLV digital é acessado pelo mesmo aplicativo para celulares e tablets, que já traz também a Carteira Nacional de Habilitação (CNH). O aplicativo foi rebatizado como Carteira Digital de Trânsito (CDT), reunindo a partir de agora os dois documentos, estando disponível nos sistemas Androide e IOS.

O download é gratuito, depois de baixar ou atualizar o aplicativo, o usuário deverá adicionar o CRLV Digital, informando o número do Renavam e o código de segurança impresso no CRV (Certificado de Registro de Veículo).

O aplicativo permite adicionar mais de um CRLV digital. Para tanto, é preciso informar o número do Renavam de cada veículo e o código de segurança impresso no CRV (Certificado de Registro de Veículo) de cada um, sendo essencial para quem possui mais de um veículo.

De acordo com o Coordenador de Informática do Detran-MA, Jorge Henrique da Silva Oliveira, os motoristas não precisam se preocupar , caso não estejam conectados .  “ O acesso à internet só é necessário no primeiro momento para adicionar o CRLV Digital na Carteira Digital de Trânsito. Depois, o documento do veículo digital fica armazenado e criptografado no dispositivo e pode ser usado mesmo sem internet disponível”, informou o Coordenador.

O estado do Maranhão é o oitavo Estado a aderir à versão digital do documento veicular. Já aderiram o Distrito Federal, Ceará, Rondônia, Goiás, Pernambuco,  Mato Grosso do Sul e Sergipe.