A pressão alta, chamada de hipertensão arterial, é um problema que acomete cada vez mais a população.
Embora não exista um único fator responsável por desencadeá-la, já se sabe que há a interação de fatores genéticos e hábitos de vida (como o sedentarismo).
Muitas vezes, os pacientes recebem o diagnóstico por acaso em exames e rotina ou consultas médicas por outros motivos, pois a pressão alta nem sempre causa sintomas e alterações perceptíveis para o indivíduo.


Com isso, ressalta-se a importância de consultar um médico periodicamente e realizar exames de rotina, e assim, perceber a existência de doenças crônicas ainda em seu início, para tratá-las e amenizar suas complicações.
E por falar em tratamento, você sabe como é realizado o manejo da hipertensão arterial? A seguir, conheça todos os detalhes sobre o assunto!
Classificando a doença
Existem alguns estágios da hipertensão arterial, baseados nos valores obtidos na aferição (isto é, medida) da pressão. A partir deste dado, o tratamento é estabelecido!
Quando a pressão arterial estiver até os valores de 139 x 89 mmHg, considera-se o indivíduo como pré-hipertenso, e medicamentos ainda não precisam ser instaurados desde que o paciente se comprometa com a mudança de hábitos de vida.
Acima destes níveis é necessário utilizar uma ou mais medicações, que serão prescritas conforme a presença de outras doenças e condições de cada paciente.
Uso de medicamentos
Existem diversas classes de medicamentos e variadas combinações de fármacos para o tratamento da pressão alta, que assim como dito anteriormente, irão variar conforme a condição de saúde de cada indivíduo.
O uso de medicamentos deve ser feito apenas sob recomendação e acompanhamento médico, e em hipótese alguma o paciente poderá se automedicar. Isso não pode ser feito porque existem diversos efeitos adversos atrelados ao uso de tais remédios, e que podem ser fatais.
Portanto, consulte um profissional de sua confiança, e comprometa-se a realizar o tratamento da forma correta. Além disso, devemos relembrar que os medicamentos de pressão alta devem ser tomados por toda a vida, mesmo que haja “controle” da doença.
Tratamento não medicamentoso
Muitos estudos científicos já comprovaram que a mudança de hábitos de vida é capaz de modificar o curso da hipertensão arterial e reduzir o valor das medidas.
Mas, deve-se ressaltar que tais hábitos devem permanecer por toda a vida e jamais serem abandonados.
Dentre as medidas que devem ser adotadas pelos portadores de hipertensão arterial destacam-se:
  • Prática de atividade física;
  • Emagrecimento, quando estiver acima do peso;
  • Alimentação saudável, com o intuito de reduzir os níveis de colesterol, prevenir diabetes, dentre outros;
  • Redução do consumo de sódio (sal);
  • Uso diário e regular de medicamentos, quando necessário.
Vale lembrar que tais medidas podem ser adotadas também por indivíduos “saudáveis”, com o intuito de prevenir esta e outras doenças crônicas.

Clínica BIOCENTRO - Excelência em Saúde!
Avenida Rio Branco, Nº 691 centro, Pedreiras - MA

Contatos:  (99) 3642 4400 / 99644 2333 / 98112 4084 (WhatsApp).
RESPONSÁVEL TÉCNICO Dr. Everardo Leal Abreu.